27 fevereiro 2007

Comentários a alguns provérbios e músicas esdrúxulos!

Sempre adorei ditos populares, provérbios, etc. Alguns são realmente bons, como, por exemplo, “O silêncio é de ouro e a palavra é de prata”, é uma maneira educada de dizer “É melhor ser um tolo calado que abrir a boca e não deixar dúvida alguma” ou então "Se quisesse dizer, já teria dito". É... mas há aqueles... bem, vamos a eles:

1) “Vingança é um prato que se come frio” – depois da invenção do microondas, não tem frasesinha mais desatualizada que essa. Tá certo que há pratos frios maravilhosos, mas ainda não vi nenhum chamado “vingança”.

2) “Deus dê vida longa aos meus inimigos, para que assistam de pé à minha vitória” – sinceramente, para quem tem um metro e meio de altura, prefiro que assistam sentados.

3) Mário Quintana que me perdoe, mas o texto a ele atribuído (“O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você.”) é completamente sem sentido. Se têm borboletas no jardim, é porque elas eram lagartas. Se eram lagartas, D-E-T-O-N-A-R-A-M as flores!!!

4) “Quando um diplomata diz sim, quer dizer talvez; quando diz talvez, quer dizer não; e quando diz não, não é diplomata” – duas conclusões: lá se vão minhas esperanças de entrar para o Instituto Rio Branco e diplomatas dão novo significado aos vocábulos.

5) e a campeã!!!! “Pedras? Guardo todas. Um dia construirei meu castelo” – de todos, esse é o mais ridículo!!! Quer coisa mais estapafúrdia que construir um castelo com material de segunda? O que aconteceu com a boa e velha loja de material de construção??? Sinceramente, quem é adepto dessa frase deveria MORAR no castelo que erguirá, quem sabe ele não desaba e deixa o mundo livre de mais um inútil! (eita, fui muito má agora!). Ah, e o arquiteto e/ou engenheiro que assinarem o projeto deverão ser banidos do CREA (ou premiados, em caso de desabamento).

Ocorreu-me agora que, não bastassem provérbios ridículos, há ainda as músicas mais que ridículas (pelo menos o provérbio tem a vantagem de ser curtinho e de não ser tocado em rádios). Alguns (maus) exemplos:

1) “Quando Deus te desenhou, Ele tava namorando” – e depois de ouvir essa música, até o Nordeste tá debaixo d’água. Creio que são as lágrimas de tristeza do Senhor ao ver Seu Santo nome usado em vão. Se o autor for católico, certamente deve ser excomungado!!! E, numa boa, namorar em local onde tem argila, deve ser extremamente desconfortável!!!

2) “Eu sou surfista do lago Paranoá” – lago Paranoá: lago artificial construído em Brasília, sabe-se lá com que intenção. Ah, detalhe importante: NÃO TEM ONDA!!! Seria interessante ver o autor dessa “letra” surfando por lá. Vai que dá sorte e é atropelado por alguma lancha!!! (sorte nossa, diga-se).

3) “Gnomos ensinam a amar, gnomos nos fazem viver. Eu vi gnomos.. ha ha ha ha ha haaaaaaa. Eu vi duendes” – Achei que o que nos fazia viver era o bom funcionamento do organismo, mas o Tihuana pensa diferente. É, e depois querem que acreditemos que eles não fumam canabis!!! Pra fazer uma letra dessa, não devem fumar mesmo não, devem injetar!!!

4) “Um anjo do céu te trouxe pra mim” – então foge que certamente deve ser Lúcifer!!!

5) “Cê parece um anjo/Só que não tem asas iaiá/Oh meu Deus/Quando asas tiver/Passe lá em casa” – se alguém, algum dia, cantar essa música pra você, siga meu conselho: vá IMEDIATAMENTE a uma delegacia e denuncie a ameaça!!! Se se deseja que você tenha asas, é porque certamente não lhe querem vivo!!!

6) aproveitando o trecho acima, diga que pretendem dar seu corpo de alimento aos peixes: “E ao sair /Pras estrelas eu vou te levar (pelo menos desejam que você vá para o céu. Assassino bom esse, né?)/Com a ajuda da brisa do mar/Te mostrar onde ir (provavelmente para o além)”

7) declaração sobre o reagge (como alguns dos transcritos acima) – retirado daqui: “o reagge foi feito para sentir, não para ouvir” – bem, acho que é para os ouvintes não perceberem a bobagem que está sendo “cantada”

Mas, a melhor de todas, foi a de Carla Perez (ainda sobre o reagge): “Eu já reguei todas as flores”. Acho que ela deveria ser agraciada com um assento na ABL!

Depois dessa, é melhor me despedir!

Até mais!!!